Liderança Para o Futuro Hoje

“Quem sabe faz a hora não espera acontecer”, Geraldo Vandré estava certo. Torna-se premente neste momento de turbulências ser criativo, tomar iniciativa, agir, fazer o que precisa ser feito sendo eficaz, gerar economicidade, atribuições dos gestores, executivos e líderes no desempenho de suas funções e responsabilidades, fazer acontecer.

O momento requer que a arte do movimento seja acertada, com alocação ótima de recursos escassos, ser estrategista. Aperfeiçoar a execução, trabalhar para gerar e distribuir riqueza, simplificar processos, atuar em alta performance, ir até onde somente líderes conseguem chegar, construir pontes, dialogar, reinventar atividades e negócios, servir, ampliar áreas de ação, realizar mais com menos, são caminhos a serem percorridos para superarmos os desafios impostos pelo sistema econômico e política de Estado hoje. Dificuldades são como montanhas, aplainam na medida em que caminhamos sobre elas.

Perseverança, competência, coragem e disciplina são forças motrizes que nos impulsionam para superarmos adversidades. Manter-se bem informado para tomar decisões acertadas, manter o otimismo, usar o bom senso, ouvir sua voz interior, intuir, manter o foco, concentrar-se no que é necessário ser feito, investir certo, saber usar os talentos individuais, trabalhar com metas comuns, comprometimento, responsabilidades compartilhadas, habilidades e união caracterizam as equipes de alta performance construídas e lideradas com talento e inteligência, são fontes e o preço do poder, são responsabilidades do líder.

As condições macroeconômicas e políticas do país demandam líderes com visão, força moral e conhecimento, auto motivados e determinados, liderando pelo exemplo, indo além do lugar comum hoje, esta é a hora, ancorando suas ações no planejamento, função primordial da liderança para saber o que fazer hoje, controlando o controlável para ter tempo para o não controlável, minimizar crises, focar no prioritário, no que é importante, naquilo que trás resultados, responsabilidades inalienáveis da liderança do futuro hoje, conscientes de que somos interdependentes num mundo de diferenças e complementos.

José Francisco de Morais

Diretor e Consultor Corporativo