TOMADA DE DECISÃO

José Francisco de Morais

Diretor e Consultor Corporativo

COMANDA Educação Corporativa

Tomar decisão é escolher uma alternativa dentro do Plano Estratégico e Tático da empresa e dentro dos programas periódicos de objetivos.

Regra Cartesiana de Tomada de Decisão

Ver primeiro se o problema proposto é real e se não existem aspectos duvidosos.
Dividir o problema exposto no maior número possível de partes e dar uma solução para cada etapa.
Colocar em ordem as etapas e observar sempre se a solução de uma não resolve o da outra.
Dar às soluções parciais uma tal harmonia e tal integração que se permita ver entre elas solução final do todo.

Aspectos Relevantes na Tomada de Decisões

É necessário considerar aspectos que permeiam e qualificam as decisões gerenciais, senão vejamos:

Uma decisão não é uma escolha entre certo versus errado, mas uma escolha entre uma ou mais alternativas apontada entre duas ou mais linhas de ação…
Um problema bem definido é um problema 50% resolvido.
Uma decisão não deve ser procrastinada e sim incubada segundo o processo da Criatividade.
Quem não decide, decide não decidir …
Quando se resolve um problema ele passa ser tão óbvio.
Em vez de dizer: esta solução não me interessa, devemos perguntar: Mas, por que mesmo esta solução nos interessa?
Regra matemática: prioridades dos objetivos MAIS informações, MAIS ordenação das informações MULTIPLICADO pela visão gerencial interna e externa DIVIDIDA por alternativas pesquisadas é IGUAL a Decisão Acertada.
Ouça quem está por fora do problema, mas por fora mesmo, use a Lei da Despersonalização.
Aplique o BRAINSTORN de Osborn como solução de problemas a nível de primeira fase.
Análise a verdadeira causa dos problemas e não as causas aparentes.
Deixe algumas alternativas de reservas.
Tome a decisão.

Características de uma Decisão de Qualidade

As decisões de qualidade são cercadas por uma série de condições. As decisões tem condições de atingir alto padrão quanto as seguintes características são completadas:

A decisão real é claramente identificada e compreendida.
Os resultados são determinados e fica claro que eles enfeixam os valores e metas prioritários de quem decide e/ou da organização.
Há uma completa pesquisa de alternativas que vai além do óbvio, do imediato e do conveniente.
O possível resultado de cada alternativa é avaliado.
A medida em que a avaliação está sendo feita; informações de falhas/ necessidades são identificadas.
É selecionado um curso de ação que melhor engloba ou se direciona no sentido dos resultados desejados.
É formulado um plano de ação.
As contingências são estabelecidas com base na avaliação dos resultados.
O processo decisório e o seu progresso são avaliados e as correções são feitas quando possíveis e apropriadas.

Tomar uma decisão é assumir um compromisso para a ação.

A tomada de decisão é função precípua da gerência, é função inalienável de gerencia. Toda decisão gerencial pressupõe uma parcela de julgamento. A experiência do gerente e sua instituição fará a diferença. Ouça sua voz interior antes de decidir.

Lembre-se: não decidir nada também é decidir.

A COMANDA Educação Corporativa dispõe de cursos na área de Tomada de Decisões.Consulte nosso site: www.comanda.com.br ou entre em contato pelo telefone (11) 3097-9646, e hoje fale com nosso setor de atendimento.