GESTÃO DO TEMPO

A forma como o gestor utiliza seu tempo no papel profissional é a pedra de toque do sucesso, o que faz um gestor ser diferente, assegurando-lhe alta performance.

Tempo é matéria prima de nossa vida, tempo é o único recurso produtivo ativo que perece instantaneamente, saber utilizá-lo faz grande diferença na performance global dos indivíduos e empresas.

Ao iniciar seu dia de trabalho, não pergunte o que tenho para fazer hoje? Pergunte: que resultados preciso entregar ao final de minha jornada de trabalho? O que dá para ser realizado hoje e que é importante para a empresa?

A partir daí, concentre-se nas atividades importantes, aquelas que trazem resultados, são as atividades ativas positivas.

Uma ferramenta que recomendamos aos executivos de sucesso é a “Matriz do Tempo”.

Concentre-se suas horas de trabalho mais produtivas nas atividades importantes, mas não necessariamente urgentes. Em geral elas estão relacionadas ao planejamento de médio e longo prazo, nas ações voltadas ao desenvolvimento de pessoas, nos projetos prioritários, são as atividades que contribuem para resultados.

É fundamental atuar na “drenagem do pântano”, no planejamento, para não passar grande parte do dia “matando jacarés” dedicando tempo as atividades triviais, aquelas que podem ser delegadas ou eliminadas.

Crises são importantes, se acontecerem, precisarão ser administradas, são importantes e urgentes, porém tenderão a ter duração mais curta e com menores consequências em um ambiente de planejamento e postura antecipatória.

“Nossos planos abortam porque não tem alvo, quando não sabemos para qual porto nos dirigimos, nenhum vento é o vento certeiro”

Seneca

É fundamental que gestores e lideres mantenham o foco, tenha alto poder de respostas de forma planejada e organizada, isto requer preparo antecipado, postura proativa e alta resiliência.

Uma atitude de prospecção, com planejamento para a ação, nos permitirá controlar o controlável, para ter tempo para não controlável. Crises ocorrerão com menor frequência e terão menor duração.

“Tempo gasto com reconhecimento do terreno nunca é tempo perdido”

Napoleão Bonaparte

O maior vilão no uso do tempo do gestor são as atividades/ tarefas rotuladas de urgentes.

Por que o urgente é aceito?

Nos dá sensação de dever cumprido.
É de execução mais rápida.
Ocorre maior pressão externa para executá-la.
Trazem menores resultados.

“A tirania da urgência reside na sua disposição de prioridades, pelo sutil disfarce de projetos menores com status maior, comumente apresentados sob a máscara de “crise”.

Alec Mackenzie

Como resistir ao urgente?

Coloque uma barreira inicial, perguntando-lhe: O que aconteceria se … Ofereça alternativas.

Relacione o que está fazendo agora com o pedido de urgência que acaba de chegar. Questione: devo parar o que estou fazendo? O que está sendo solicitado agora é mais importante? E por último delegar, fazer delegação vertical descendente, lateral ou até mesmo delegação ascendente.

Faça a coisa certa, seja eficaz, atue naquilo que traz resultados para sua organização, é para isto que os Gestores são pagos.

José Francisco de Morais

Diretor e Consultor Corporativo

COMANDA Educação Corporativa

A COMANDA Educação Corporativa oferece cursos de Gestão do Tempo para Líderes, Gestores e Supervisores. Dispomos de curso avançado em Gestão do Tempo para Executivos e palestras de curta e média duração sobre este importante tema. Entre em nosso site: www.comanda.com.br para conhecer nossa programação de cursos ou faça contato com nossa área comercial pelo telefone (11) 3097-9646, ou pelo nosso e-mail comanda@comanda.com.br e solicite-nos uma proposta ou visita, teremos muito prazer em atendê-lo (a).