(RH-9) Desenvolvimento de Instrutores e Multiplicadores de Treinamento

(RH-9) Desenvolvimento de Instrutores e Multiplicadores de Treinamento

Free

About this course

Datas

29 de fevereiro de 2019

25 de abril de 2019

7 de junho de 2019

30 de agosto de 2019

23 de outubro de 2019

Período e Carga Horária

Diurno

8 horas

NOTURNOS/ SÁBADOS possuem valores reduzidos – entrar em contato pelo telefone: (11) 3097-9646

A – OBJETIVOS DO CURSO

  • Transmitir experiências vividas em treinamento aos Instrutores e Multiplicadores de Programas de T&D e apresentadores de Seminários e Workshops. Apresentar técnicas comprovadamente eficazes na condução de treinamento, oferecendo instrumentos e recursos práticos de aplicação imediata pelos Instrutores e Multiplicadores.
  • Os participantes irão aprender como usar estímulos intelectuais, emocionais e usar a criatividade para manter a atenção e obter participação ativa dos treinandos no processo ensino-aprendizagem.
  • Ao final do curso, os participantes estarão preparados para entender como funciona o treinamento empresarial, sendo capazes de elaborar e conduzir Seminários, Cursos e Workshops com mais habilidade, criatividade, segurança e participação.

B – A QUEM SE DESTINA

  • Instrutores, Multiplicadores, Consultores, Conferencistas e Professores atuando em treinamento empresarial em busca de habilidades mais refinadas para condução de cursos, seminários, conferências e Workshops.

C – PROGRAMA

1.Como Trabalhar Com Platéia Adulta 

  • Crie uma atmosfera propicia para o treinamento.
  • Desperte e mantenha o interesse.
  • Capitalize sobre as experiências dos treinandos.
  • Estabeleça objetivos.
  • Firme o contrato pedagógico com seus treinandos.
  • Motive os treinandos a aprender.
  • Satisfaça as necessidades de informações dos treinandos.

2.Reconhecendo os Níveis de Desempenho dos Treinandos 

  • Como lidar com os competentes e incompetentes, conscientes e inconscientes.
  • Como manejar as relações com os quatro tipos de comportamento em ação.

3.Treinando Todos os Tipos de Pessoas 

  • O solitário, o quieto, o amável, o lamuriento, o iluminado, o brincalhão, o dependente, o franco-atirador.
  • O que fazer quando o instrutor é encurralado pelo franco-atirador.
  • Como lidar com os diversos tipos de treinandos e capitalizar sobre seus pontos fortes.

4.Ritmo: Como Treinar Grupos Com Diferentes Necessidades 

  • Como regular o ritmo do seminário para um grupo grande e heterogêneo.
  • O que não fazer quando treinar grupos com necessidades diversificadas.
  • Como treinar o “marcha-lenta”.
  • Como treinar o “sabichão”.

5.Anatomia do Primeiro Dia: Retoques, Largada e Finalização

  • Horário, arranjos, música, recepção dos treinandos, como quebrar o gelo, o papel do instrutor no processo de quebra-gelo, hora das expectativas, como estabelecê-las e firmar o contrato pedagógico.

6.A Arte de Fazer Grandes Apresentações 

  • O segredo do sucesso: vendendo sua apresentação.
  • Introduzindo o processo UPPOPPR.
  • Utilidade Produto/meta.
  • Processo Objetivo.
  • Justificativa do Processo.
  • Prova de habilidade.
  • Revisão.
  • Dominando o UPPOPPR – roteiro prático. Exercício. Vivências.
  • Corpo da apresentação.

7.Vinte “Dicas” Para Manter o Interesse 

  • Uso da voz.
  • Movimento.
  • Ritmo.
  • Personalizar o tratamento.
  • Recursos visuais.
  • Uso de perguntas.
  • Atividades em grupo.
  • Personalizar a apresentação.
  • Senso de humor.
  • Comunicação não verbal.
  • Equipe de instrutores.
  • Técnicas integradas.
  • Competição entre treinandos.
  • Originalidade.
  • Uso de música.
  • “Dicas” para intervalos.
  • Entusiasmo.
  • Lidando com treinandos sonolentos.

8.A Arte das Perguntas Eficientes: Envolvendo os Treinandos 

  • Tipos de perguntas.
  • Baseada em fatos.
  • Baseada em opiniões.
  • Histórias de casos.
  • Técnicas para fazer perguntas.
  • Perguntas dirigidas.
  • Perguntas gerais.
  • Perguntas reversas e invertidas.
  • Conhecimento do material.
  • Entendimento da pergunta.
  • Como lidar com o silêncio.

9.Usando Recursos Visuais 

  • Como utilizar com eficácia retroprojetor, flipcharts, slides, lousa, equipamentos de vídeos, reális, ponteiras, transparência e outros recursos visuais projetáveis e não projetáveis, magnéticos e eletrônicos.

10.Como dar Feedback e Orientação aos Treinandos 

  • Conceito de feedback.
  • Por que é difícil dar e receber feedback.
  • Dando feedback sem intimidar os treinandos.
  • Orientação com uso dos três S.

11.Os “Pulos-do-Gato”: “Dicas” Valiosas Para os Instrutores 

  • Uso de molduras em transparência.
  • Criar flip-charts profissionais.
  • Kiss (mantendo as coisas simples).
  • Uso de Post-its.
  • “Estacionando” tópicos para discussões posteriores.
  • Como usar a tribuna.
  • Incorporar o personagem.
  • “Armadilha” das palavras suplentes.
  • Timing.
  • Por que começar com uma atividade.

12.Aperfeiçoando o Processo de Treinamento 

  • Como se apresentar melhor.
  • Atitude positiva entusiasmo.
  • 0Não anuncie falta de experiência.
  • Como lidar com a dúvida.
  • Trabalhando com a ansiedade.
  • Mexa-se.
  • Estude o começo.
  • Prepare, prepare, prepare.
  • Respire fundo.
  • Vista a sua melhor face.

13.Evitando as Armadilhas do Treinamento. Questões Relevantes 

  • Como conseguir credibilidade e ganhar respeito pelo treinamento.
  • Analisar necessidades, planejar, aplicar e validar o treinamento: “Ferramentas”.
  • Importância dos instrutores trabalharem com os analistas de treinamento.
  • Como promover consistência no conteúdo do curso e no estilo de apresentação.
  • Como avaliar e validar o trabalho do instrutor.
  • Conclusões.

D – METODOLOGIA A SER ADOTADA

  • Jogos de empresa, trabalhos em grupo, debates, simulações, reporte de situações reais vivenciadas no dia-a-dia, estudos de caso, palestras específica, atividades lúdicas. As atividades serão executadas de forma intensa e participativa, onde todos participam de tudo; e concluídos com uma ampla avaliação individual e grupal.

Dentre as diversas técnicas participativas em uso, poderão ser adotadas:

  • Estudo de casos típicos do dia-a-dia dos treinandos.
  • Análise de situações de trabalho comum no nível de atuação dos participantes.
  • Exercícios que propiciem maior internacionalização do ensino e reforcem o aprendizado;
  • Aplicação de auto-diagnósticos, seguido de análise, debates e conclusões;
  • Aplicação de jogos e simulações, com trabalhos em grupo;
  • Projeção de filmes sobre temas abordados, com análise, debates e conclusões.
  • Aplicação de jogos de aquecimento, jogos de integração, jogos de toque e confiança, vitalizadores e jogos de fechamento.
Autor / Apresentador

Consultores da equipe Comanda.

Investimento

R$ 1.100,00