(DG-4) – Gestão de Pessoas

(DG-4) – Gestão de Pessoas

Free

About this course

Datas

11 de fevereiro de 2022

14 de março de 2022

15 de junho de 2022

22 de agosto de 2022

18 de outubro de 2022

18 de novembro de 2022

Período e Carga Horária

Diurno

8 horas

NOTURNOS/ SÁBADOS possuem valores reduzidos – entrar em contato pelo telefone: (11) 3097-9646

A – PRINCIPAIS TEMAS ABORDADOS

  • O que as organizações esperam de seus profissionais atualmente, em particular com relação às suas habilidades de trabalho em equipe?
  • O que interfere e prejudica a comunicação em uma equipe?
  • Trabalho em equipe: Estilo predominante, onde melhorar e o que mudar?
  • Exercícios de auto-conhecimento.
  • O que é comprometimento? E o que é envolvimento?
  • Análise sobre competição x cooperação e individualismo x espírito de equipe.
  • Quais os indicadores de bom desempenho das pessoas quando em situação de trabalho em equipe?
  • Mudanças – comportamento em relação às mudanças (oposição, reação, adaptação, reflexão, etc.).
  • Como lidar com fofoca, disse-me-disse, reclamações, insatisfações, hostilidades e animosidades;
  • Atitudes pessoais negativas (reclamações e insatisfações desmedidas, hostilidades e animosidades).
  • Fatores motivacionais ligados à segurança e ao relacionamento do indivíduo.

B – OBJETIVOS DO CURSO

  • Apresentar aos participantes, informações, princípios e conceitos que possibilitem compreender a importância das suas atitudes e o reflexo destas em seu meio de trabalho e desenvolver habilidades interpessoais e de relacionamento, visando dentro de princípios éticos, a obtenção de resultados através das pessoas.
  • Dinamizar a força humana transformando-a em energia empreendedora, incrementando sua capacidade criadora, proporcionando-lhe conscientização de limites, oportunidades, alternativas e valores que envolvem as interações humanas.
  • Propiciar aos participantes uma ampla visão dos modernos conceitos e técnicas de gerenciamento de equipes.
  • Dar uma visão sistêmica e integral para a melhoria do padrão de excelência dos participantes no desempenho dos papéis e atividades relacionadas as suas funções na equipe.
  • Subsidiar os participantes no aprimoramento do seu próprio estilo gerencial, direcionando-o para torná-lo mais flexível e eficaz ao contexto profissional onde atuam.
  • Melhorar a comunicação e relacionamento entre os níveis hierárquicos, além de estimular a integração na busca de melhores resultados e de um ambiente de trabalho mais harmonioso.
  • Despertar os participantes para a necessidade de desenvolver sua percepção e sensibilidades em relação ao universo e sua volta, com o objetivo de melhorar a comunicação e o relacionamento interpessoal entre os níveis hierárquicos (aprender através das diferenças).
  • Ensinar como dirigir mudança para obter os resultados previstos.
  • Conhecer os passos para antecipar, preparar-se, controlar mudanças e reduzir a resistência do seu grupo, evitando crises e conflitos.

C – PROGRAMA A SER DESENVOLVIDO

1.Trabalho em Equipe 

  • Diferença entre Grupo e Equipe.
  • Troca de experiências, conhecimentos, alegrias, frustrações.
  • Toda equipe é um grupo, mas nem todo grupo é uma equipa.
  • Identidade, personalidade e individualismo no processo.
  • Compromisso – Cumplicidade – Resultados.

2.Trabalho em Equipe – Como Desenvolver e Tornar Sua Equipe Produtiva 

  • O que é e como construir uma equipe de trabalho.
  • O que caracteriza uma equipe de trabalho forte e amadurecida.
  • O que é necessário fazer para tornar as equipes mais satisfeitas e produtivas.
  • As vantagens do trabalho em equipe. Os principais benefícios.

3.Atitudes nas Relações Entre as Pessoas Que Facilitam o Trabalho em Equipe 

  • Como trabalhar com os outros e esclarecer sua própria função no grupo.
  • Necessidades humanas que afetam o comportamento das pessoas no grupo.
  • Como ser um membro eficiente e eficaz na equipe.
  • Falhas que um membro de equipe deve evitar.
  • A chave para as equipes vencedoras: como criar vínculos dentro do grupo.
  • Os vínculos internos que unem as equipes.
  • Como o dinamismo da equipe de trabalho cria um tipo de lógica mais produtiva.
  • Os mandamentos de um membro de equipe.
  • O que caracteriza uma equipe madura.

4.Como Transformar Equipes em Potencial em Times de Alta Performance 

  • O que é uma equipe de trabalho. Principais características de uma equipe.
  • As chaves para construir e manter uma equipe forte.
  • Como integrar os membros da equipe em suas funções.

5.Como Exercer a Gerência Levando em Conta os Aspectos Humanos da Função 

  • Por que as pessoas trabalham?
  • Exame dos estudos sobre motivação.
  • Compreensão das diferenças entre as pessoas.
  • Métodos de estímulo da motivação.
  • Como criar um ambiente motivador.

6.Como Potencializar as Relações Interpessoais 

  • Relações Humanas: postura, papéis e vivência.
  • Contexto Empresa x Mercado.
  • Conhecendo as pessoas e a organização: moral, conflito e competição.
  • Ética no contexto das Relações Interpessoais.
  • Comunicação, percepção e “feedback” na equipe.
  • Desenvolvimento das habilidades internas e novas formas de aproximação grupal.
  • As pessoas da linha de frente: criando, participando e inovando.
  • Superação de barreiras no pensar, sentir e agir – Retroalimentação.

7.Percepção e Diferenças Individuais 

  • Preconceitos, estereótipos e idolatrias em nossa percepção.
  • Somos animais racionais ou emocionais?
  • Canais de percepção (órgão dos sentidos).
  • Aprendendo com as diferenças.
  • Percepção de si mesmo e dos outros.
  • A percepção no gerenciamento.

8.Conhecendo os Estilos Comportamentais Para Relacionar-se Melhor 

  • Como identificar seu estilo comportamental dominante: lidando com suas forças (estilo produtivo) e fraquezas.
  • Como relacionar-se com seus superiores e colaboradores de acordo com suas características de estilo. Capitalizando sobre suas forças para obter melhores resultados.
  • Como ser um colaborador mais produtivo e eficaz para sua hierarquia superior em função de suas características de estilo.
  • Como identificar os pontos fortes de seus colaboradores e tirar proveito de suas forças produtivas (características dominantes de estilos).
  • Identificando condições ambientais mais favoráveis para capitalizar sobre as forças produtivas de acordo com os estilos dominantes de cada membro da equipe.
  • Os líderes receptivos, os líderes energizadores, os líderes analíticos e os líderes negociadores: Em que áreas da empresa eles são mais produtivos. Como capitalizar sobre suas forças.

9.Como Melhorar as Comunicações nos Três Sentidos 

  • O valor das comunicações nas Relações Interpessoais.
  • As formas de comunicação humana.
  • Técnicas de Rapport.
  • Como identificar, analisar e superar obstáculos às comunicações  eficientes.
  • Como fazer para ser bem compreendido. Como dar ordens sem causar ressentimentos.
  • Como atender queixar e reclamações do pessoal e dar soluções.
  • Como dar e receber “feedback” sem criar ressentimentos ou resistências.
  • Para que serve as comunicações nos três sentidos?
  • Exercícios: Objetivos x Apoio para tornar as comunicações mais eficazes entre os diversos setores.

10.Auto-Análise / Levantamento de Necessidades de Aperfeiçoamento 

  • Permitir aos participantes que façam uma análise do seu próprio desempenho, identificando pontos fortes e aspectos que precisam ser melhorados, constituindo um levantamento das necessidades de aperfeiçoamento individual de cada participante.

11.Carta de Objetivos – Fixando Metas e Lançando Desafios 

  • Estimular a prática de um estilo gerencial que possibilite:
  1. a)Melhor aproveitamento do potencial dos recursos humanos (tudo acontece através das pessoas).
  2. b)O trabalho em parceria entre chefias de diferentes níveis e áreas de atuação.
  3. c)Maior comprometimento dos colaboradores com objetivos e resultados.
  4. d)Desenvolver o potencial de liderança dos participantes.

D – METODOLOGIA

  • Serão utilizadas aulas expositivas de curta duração para assimilação da teoria necessária. Este método servirá de base à introdução de outros métodos que ensejarão maior participação dos treinandos.
  • Dentre as diversas técnicas participativas em uso, poderão ser adotadas: painel integrado, jogos, simulações, estudos de caso, questionários para diagnósticos, projeção de filmes, simulações com filmagens para análises e conclusões em vídeo-tape e exercícios que proporcionarão maior internalização do ensino e que reforçarão o aprendizado.
Autor / Apresentador

Consultores da equipe Comanda.

Investimento

R$ 1.100,00